(Beth Moon - Ancient Trees: Portraits Of Time, Abbeville Press, 2014)


“Eu pertenço à fecundidade
e crescerei enquanto crescem as vidas:
sou jovem com a juventude da água,
sou lento com a lentidão do tempo,
sou puro com a pureza do ar,
escuro com o vinho
da noite
e só estarei imóvel quando seja
tão mineral que não veja nem escute,
nem participe do que nasce e cresce.

Quando escolhi a selva
para aprender a ser,
folha por folha,
estendi as minhas lições
e aprendi a ser raiz, barro profundo,
terra calada, noite cristalina,
e pouco a pouco mais, toda a selva.”

(NERUDA, Pablo. O Caçador de raízes. Antologia Poética, José Olympio, 1994, p. 232.)


segunda-feira, 2 de julho de 2007

Canção do Vento - Manuel Bandeira


"O vento varria as folhas,
O vento varria os frutos,
O vento varria as flores...
E a minha vida ficava
Cada vez mais cheia
De frutos, de flores, de folhas

O Vento varria as luzes
O vento varria as músicas,
O vento varria os aromas...
E a minha vida ficava mais cheia
De aromas, de estrelas, de cânticos.

O vento varria os sonhos
E varria as amizades...
O vento varria as mulheres...
E a minha vida ficava
Cada vez mais cheia
de afetos e de mulheres.

O vento varria os meses
E varria os teus sorrisos...
O vento varria tudo!!
E a minha vida ficava
Cada vez mais cheia
De tudo.”


Existem pessoas que se assemelham à água, que contorna qualquer obstáculo, e pela sua insistência modela até a pedra.
Outras lembram o vento, que invade sem perguntas, trazendo perfumes e sussurros dos ausentes, melodias já esquecidas, lamentos, risos. Mesmo quando indesejado, é sinônimo de transformação, puro movimento. Agitando o pó das salas, revolve as folhas mortas, penetra em lugares hermeticamente fechados, preenche todos os espaços...


2 comentários:

Kanoff disse...

Só passei pra mandar um

UM SUPER...
_?Grande
__?Maior
___?Gigante
____?Vasto
_____?Extenso
______?Profundo
_______?Comprido
________?Crescido
_________?Desenvolvido
__________?Imenso
___________?Poderoso
__________?Ambundante
_________?Meigo
________?Fofo
_______?Super
______?Hiper
_____?Mega
____?Master
___?Blaster
__?Plus
_?Advanced

..*Bjao**Bjao*
..*Bjao*....*Bjao*
..*Bjao*.....*Bjao*
..*Bjao*...*Bjao*
..*Bjao**Bjao*
..*Bjao*...*Bjao*
..*Bjao*.....*Bjao*
..*Bjao*....*Bjao*
..*Bjao**Bjao*

................*Bjao*
................*Bjao*
................*Bjao*
................*Bjao*
................*Bjao*
................*Bjao*
*Bjao*.......*Bjao*
.*Bjao*.....*Bjao*
...*Bjao*.*Bjao*
.......*Bjao*

........*Bjao*
..*Bjao*...*Bjao*
.*Bjao*......*Bjao*
*Bjao*........*Bjao*
*Bjao*........*Bjao*
*Bjao*........*Bjao*
*Bjao*........*Bjao*
.*Bjao*......*Bjao*
..*Bjao*...*Bjao*
BEIJÃO***

A.S. disse...

Um belissimo poema!
E um texto onde sublinho a expressividade poética das metáforas...

Lindoooooooo....


Um beijo!